Boullier e Domenicali negam que Kimi possa voltar à Ferrari

Tanto o atual chefe do finlandês, quanto o comandante da Ferrari riem quando questionados sobre especulação

Kimi Raikkonen (LAT/Lotus)

As especulações sobre os possíveis substitutos de Felipe Massa na Ferrari em 2013 ganharam um capítulo inusitado no GP da Hungria. Os boatos que davam conta de que Kimi Raikkonen, que foi campeão pela equipe italiana em 2007 e foi preterido em favor de Fernando Alonso ao final da temporada 2009, estaria no radar de Maranello.

A possibilidade foi sumariamente negada por todas as partes. O atual chefe do finlandês na Lotus, Eric Boullier, ouvido pelo TotalRace, até riu quando perguntado se havia a possibilidade de perder Kimi. “Só vi isso no jornal. Não acredito que ele queira voltar para a Ferrari.”

O chefe da equipe italiana, Stefano Domenicali, também falou com ares de zombaria. “Isso é especulação da mídia. Sobre a questão dos pilotos, o que posso dizer é que não temos pressa para decidir e Felipe tem de ser protegido no momento porque ele é importante para o campeonato.” O contrato do brasileiro acaba no final desta temporada.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias