Boullier e Horner criticam sistema de pontos na carteira

compartilhar
comentários
Boullier e Horner criticam sistema de pontos na carteira
29 de jun de 2013 06:30

Como pontos são levados de um ano para o outro, chefes acreditam que isso possa prejudicar contratos de "pendurados"

Bater quatro vezes em três provas, sequência vivida por Felipe Massa atualmente, não é positivo para ninguém. E quem sabe muito bem como é difícil ver um piloto sair de uma má fase como essa é Eric Boullier, chefe de Romain Grosjean. O francês cometeu uma série de erros na temporada passada e parecia ter se reencontrado até que uma série de três batidas em Mônaco o colocou novamente sob pressão.

Perguntado sobre a situação do brasileiro, o dirigente brincou. “Não vou dizer, isso é problema do Domenicali. Você tem de se certificar de que o piloto voltará a ter confiança porque às vezes você entra numa espiral negativa, e isso não é legal.”

Em relação ao sistema de pontos implementado pela FIA, Boullier criticou o fato de que a pontuação pode ser carregada de um ano a outro.

“Não acho que a mudança é bem-vinda, porque é sempre difícil encontrar um sistema justo. São as equipes que contratam os pilotos e eles podem sofrer por um sistema que foge de nosso controle. Às vezes o piloto entra em uma espiral negativa e leva um tempo para recuperar. Somos nós que temos de lidar com isso”, defendeu o francês ao TotalRace.

Sua grande preocupação é com Grosjean que, como o próprio Boullier admite, já poderia estar bem pendurado pelo sistema, que dá de 1 a 3 pontos dependendo da infração e suspende o piloto que somar 12.

“Claro que não estou 100% satisfeito com o que ele alcançou, mas ao mesmo tempo ele é um cara com muito talento e com velocidade. Precisamos lhe dar tempo suficiente para aumentar sua confiança e aí veremos.”

Outro que também não gostou do novo sistema foi o chefe da Red Bull, Christian Horner. “Acho que o princípio é bom, só não sou um grande fã de carregar pontos de uma temporada para a outra. Penalidades durante uma temporada devem contidos apenas nesta temporada. Odiaria ver pilotos não assinando com outras equipes por ter pontos de penalidade. Mas entendo o porquê do sistema.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Paraíso fiscal, Mônaco é o GP caseiro de vários pilotos

Previous article

Paraíso fiscal, Mônaco é o GP caseiro de vários pilotos

Next article

Grosjean anda bem, luta pela vitória, mas termina em terceiro

Grosjean anda bem, luta pela vitória, mas termina em terceiro
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Localização Silverstone
Tipo de matéria Últimas notícias