Boullier não acredita que ausência de James Allison afete desenvolvimento

"Temos um departamento técnico muito forte feito de muita gente", defende dirigente de time inglês

Grosjean sai dos boxes durante o sábado na Espanha

Segundo o dirigente da Lotus, o francês Eric Boullier, a equipe não será afetada pela saída do diretor técnico James Allison no início deste mês. James é tido como um dos maiores responsáveis pelo bom desempenho do carro com os pneus Pirelli.

Rumores dão conta de que Allison poderá voltar à Ferrari em um futuro próximo. Seu substituto na Lotus será Nick Chester.

“Temos um departamento técnico muito forte feito de muita gente”, garantiu Boullier.

“É uma ilustração da força e do talento em Enstone que conseguimos promover a partir de dentro, e Nick Chester já está trabalhando próximo ao seu cargo há algum tempo.”

O dirigente também disse que a equipe terá algumas inovações para as próximas corridas. “Temos algumas peças novas chegando para o E21, assim como o desafio adicional de reagir às mudanças nos pneus.”

“Estamos confiantes que possamos manter nossas performance e desenvolvimento no carro deste ano e, ao mesmo tempo, desenvolver um carro bom para 2014 com os novos regulamentos.”

O diretor de operações, Alan Permane, também se disse confiante quanto às atualizações para as próximas provas.

“Assim como em Barcelona, nós vamos trazer uma nova asa traseira que segue o mesmo conceito que corremos em Mônaco no ano passado. Também teremos uma nova asa dianteira e algumas modificações no assoalho, ou seja, teremos muito para nos ocupar.”

“Estamos muito confiantes no nosso pacote de atualizações para esta corrida e o carro foi bem em todos os circuitos nesta temporada, então não há razão para não sermos fortes aqui”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias