Boullier reconhece que Bruno Senna não teve ritmo no Japão

compartilhar
comentários
Boullier reconhece que Bruno Senna não teve ritmo no Japão
Por: Julianne Cerasoli
10 de out de 2011 09:55

Falando com exclusividade ao TotalRace, chefe do brasileiro na Renault destaca estratégia de Vitaly Petrov

Senna durante o GP do Japão

Em entrevista exclusiva ao TotalRace, o chefe da Renault, Eric Boullier, creditou a 16ª colocação de Bruno Senna ao fato do brasileiro não ter conseguido encontrar o melhor ritmo durante o GP do Japão.

“Bruno teve um início de corrida difícil e perdeu várias posições. Ele teve dificuldades em encontrar o melhor ritmo e por isso não teve uma boa corrida.”
O francês destacou o papel da estratégia na corrida de Vitaly Petrov, que foi o nono em Suzuka.

“Vitaly mostrou que o carro tinha um certo ritmo. Tínhamos uma estratégia arriscada, porque estávamos apostando que conseguiríamos ultrapassar carros no final. Isso funcionou com as Force India e Kobayshi, mas infelizmente Perez estava melhor que nós. Então foi um pouco frustante.

Para o GP da Coreia, o chefe da equipe espera que a relação de forças seja “a mesma do Japão”.

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)

Próxima Fórmula 1 matéria
Hembery destaca atenção aos detalhes do novo bicampeão

Previous article

Hembery destaca atenção aos detalhes do novo bicampeão

Next article

Rivais destacam campeonato sem erros de Sebantian Vettel

Rivais destacam campeonato sem erros de Sebantian Vettel

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Bruno Senna
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias