Boullier vê Lotus com chances de pódio até o fim do ano

Performance do carro em pista com alta pressão aerodinâmica anima o chefe do time para próximas etapas

O resultado pode não ter sido o esperado, com o terceiro lugar de Kimi Raikkonen após um final de semana difícil para o finlandês de um lado e o abandono de Romain Grosjean com problemas de pressão de ar no motor de outro, mas o ritmo da Lotus no GP de Cingapura animou o chefe da equipe, Eric Boullier, para as próximas provas.

“Esse nível de pressão aerodinâmica favorece nosso carro e é nesse nível que andaremos nas próximas pistas da temporada; vamos lutar por pódios pelo resto do ano, tenho certeza”, salientou.

O francês também elogiou ambos os pilotos. “Mais uma vez Kimi pilotou de forma excepcionalmente forte – isso sem considerar suas dores nas costas – enquanto a equipe fez um trabalho incrível com a estratégia de ambos os pilotos. Não fossem os problemas de motor de Romain, deveríamos ter nossos carros em terceiro e quarto.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias