Brasileira é eleita para a Comissão de Ética da FIA

Viviane foi a mais votada para ocupar o cargo de fiscalizadora do Código de Ética da entidade. Mandato será de 4 anos

Pela primeira vez na história uma brasileira faz parte da Federação Interacional de Automobilismo (FIA). Em recém-alteração do estatuto, a entidade criou um Código de Ética e, para fiscalizá-lo, acaba de eleger para seu primeiro Comitê de Ética a brasileira Viviane Eleonora Wolf Monteiro.

Mais votada dos cinco nomes que compõem o organismo que aconteceu na recém-concluída Assembleia Geral da federação, em Istambul, Turquia. Viviane, terá um mandato da FIA de quatro anos.

"Acho importante o Brasil ter conseguido indicar e nomear uma mulher. Estou muito feliz por ter sido esta pessoa”, declarou a advogada.

Viviane tem larga experiência na área, já que atuou mais de 20 anos no Tribunal Desportivo da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias