Brawn: F1 deve se esforçar para voltar a ter ultrapassagens

compartilhar
comentários
Brawn: F1 deve se esforçar para voltar a ter ultrapassagens
Por: Tom Errington
27 de mar de 2018 09:44

Ross Brawn diz que o GP da Austrália perdeu "ingrediente vital" das ultrapassagens e que o problema não será consertado até que a F1 tenha uma abordagem estruturada para corrigi-la

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09 leads at the start
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13 and Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Sergio Perez, Force India VJM11
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13

Apenas cinco ultrapassagens foram completadas na corrida de abertura da temporada de 2018 da F1. Max Verstappen, da Red Bull, disse que teria desligado a TV em vez de assistir a um GP “sem valor”.

Isso aconteceu, apesar do fato da pista de Albert Park, conhecida por ser de difícil ultrapassagem, contar com uma terceira zona de DRS na esperança de melhorar a ação.

Ross Brawn, diretor esportivo da F1, admite que a categoria perdeu uma série de batalhas emocionantes na Austrália por causa da incapacidade de ultrapassar.

"Um ingrediente vital estava faltando, as ultrapassagens", disse ele. “É vital que os carros sejam capazes de se aproximar uns dos outros e ficar roda a roda.”

“Quando há apenas uma pequena diferença de velocidade entre dois carros, é quase impossível para o perseguidor chegar perto o suficiente para fazer um ataque.”

"Pense na quantidade de roda a roda que perdemos. E, pela primeira vez, tivemos uma terceira zona de DRS especificamente para aumentar as chances de ultrapassagem."

O atual regulamento da F1 foi introduzido em 2017 e as ultrapassagens caíram quase 50% em seu primeiro ano.

Brawn montou um painel de especialistas independentes para melhorar a F1, incluindo a melhoria nas ultrapassagens, e diz que uma abordagem estruturada é necessária para corrigir isso.

“Até tomarmos uma abordagem estruturada para o problema, não faremos nenhum progresso”, disse Brawn.

“Um dos nossos objetivos, que estamos vendo com a FIA e as equipes, é que, para 2021, queremos ter carros que permitam que os pilotos realmente lutem uns contra os outros na pista.”

“Para isso, a FIA e a F1 estão realizando um programa de pesquisa aerodinâmica com dois modelos de carros, tanto no túnel do vento quanto no uso de CFD.”

"Precisamos desenvolver um projeto de carro que atinja o nível de desempenho que vemos agora, mas permita a ação roda a roda".

Brawn acrescentou que agradar aos fãs é um grande incentivo para melhorar as ultrapassagens.

“Os fãs de F1 querem ver um show melhor e a ultrapassagem é o elemento mais emocionante e espetacular que você pode ter na pista”, disse ele.

“Toda a comunidade da F1 deve fazer um esforço para satisfazer essa necessidade, porque os fãs são o nosso maior trunfo.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Wolff nega “oportunismo” na batalha de regras da F1

Previous article

Wolff nega “oportunismo” na batalha de regras da F1

Next article

Mensagem confusa de Massa sobre Interlagos viraliza

Mensagem confusa de Massa sobre Interlagos viraliza

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Autor Tom Errington
Tipo de matéria Últimas notícias