Brawn: Honda precisa entender a realidade da Fórmula 1

compartilhar
comentários
Brawn: Honda precisa entender a realidade da Fórmula 1
Por:
Co-autor: Frankie Mao
5 de jan de 2019 11:05

Diretor de automobilismo da F1 diz que precisou conectar engenheiros japoneses com "realidade" quando trabalhou para a marca em 2008

A Red Bull deve garantir que a Honda esteja conectada à realidade da Fórmula 1 e tenha suas prioridades estabelecidas para que tenha sucesso novamente no mundial, é no que acredita Ross Brawn.

O diretor de automobilismo da Fórmula 1, ele era chefe de equipe da Honda quando a fabricante se retirou do esporte em 2008 e relatou as dificuldades da montadora na época.

Ele disse ao Motorsport.com: "o segredo para o sucesso da Honda é conectar os engenheiros aos desafios da Fórmula 1".

"Quando cheguei na Honda, os engenheiros estavam um pouco afastados da realidade do que era necessário. Meu trabalho era conectar os engenheiros e me certificar de que eles estavam trabalhando nas coisas certas, de que eles tinham as prioridades, que eles tinham as informações e que eles tinham a imagem real sobre o que estava acontecendo.”

"Quando cheguei, havia uma visão de que o motor deles era um dos melhores. Como eu estava familiarizado com a Ferrari, estava claro que não era um dos melhores. Então, conectar o pessoal da Honda com a situação real, ajudá-los a entender quais eram as prioridades e entender onde eles deveriam estar focados foi um dos elementos importantes.”

"Acho que a Red Bull será muito boa em garantir que a Honda tenha essa clareza sobre qual deve ser o foco."

Um dos fatores que ajudaram a Honda a convencer a Red Bull encerrar seu acordo com a Renault foi uma remodelação de liderança de seu projeto, que envolveu Toyoharu Tanabe assumindo as operações e o guru da Honda – Yasuaki Asaki – colocado no comando em sua base Sakura.

Juntos, eles ajudaram a Honda a melhorar a coordenação de suas prioridades e a executar melhor seus planos.

A Honda se comprometeu a ter um relacionamento bom com a Red Bull depois de desfrutar de uma boa comunicação com a Toro Rosso após três anos na McLaren.

Brawn disse: "saber exatamente quais são as suas fraquezas, quais são seus pontos fortes e ter certeza de que você está focado nas coisas certas é importante”.

"Se isso for alcançado, eles estarão, sem dúvida, em uma posição forte. Parece que eles fizeram muito progresso este ano. Acho que o relacionamento com a McLaren quebrou e foi certo para eles seguirem em frente.”

"A Red Bull é uma excelente empresa e faz ótimos carros. É uma oportunidade especial para a Honda ter sucesso. Espero que a Red Bull continue vencendo corridas. É o primeiro ano da parceria, não sei se há o suficiente para vencer o campeonato.”

"Seria muito especial se conseguissem isso rápido, mas acho que a próxima temporada será a primeira de uma nova parceria que trará campeonatos mundiais."

Next article
Kubica admite que não foi fácil negar convite da Ferrari

Previous article

Kubica admite que não foi fácil negar convite da Ferrari

Next article

Conheça detalhes da Ferrari de Schumacher vencedora do GP da Austrália de 2002

Conheça detalhes da Ferrari de Schumacher vencedora do GP da Austrália de 2002
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell