Briatore: “Contrataria Verstappen de olhos fechados”

Ex-chefe de equipe na categoria elogia braveza do jovem holandês e volta a criticar trabalho feito por Raikkonen na Ferrari

Ex-chefe de equipe campeão na F1, Flavio Briatore voltou a criticar o caminho adotado pela Ferrari com seus pilotos, alertando a equipe italiana de que eles deveriam ter tentado contratar Max Verstappen.

Briatore, que triunfou na categoria tanto com Michael Schumacher nos tempos de Benetton como com Fernando Alonso na Renault, afirmou que a presença de Kimi Raikkonen impede que a Scuderia derrote a Mercedes em uma briga direta.

Portanto, ele sugere que a Ferrari deveria ter Verstappen ao lado de Sebastian Vettel pra ter mais chances.

“Eu não sei o que [Sergio] Marchionne fará, ele é imprevisível. Mas, com Raikkonen, você nunca vencerá o Mundial de Construtores. Você precisa de dois bons pilotos, e a Ferrari não tem isso”, disse Briatore, em entrevista à Rai Radio italiana.

“Eu contrataria Verstappen com meus olhos fechados. Ele é o único piloto de verdade que as pessoas querem ver – um gladiador que fazem de tudo para penalizar a cada corrida”, completou o italiano, que foi chefe do pai de Max, Jos Verstappen, na Benetton, em 1994.

Briatore foi afastado em definitivo da F1 em 2009, quando protagonizou o esquema que envolveu a batida proposital de Nelsinho Piquet no GP de Cingapura do ano anterior. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias