Brundle ataca Raikkonen: “Chegou ao fim da linha”

Ex-piloto e atual comentarista, britânico diz que performance do finlandês não serve nem para ser um escudeiro para Vettel

Depois de errar na classificação e de chegar em um distante sexto lugar no GP do Canadá do último domingo, Kimi Raikkonen foi o alvo do ex-piloto de Fórmula 1 e comentarista da TV britânica Sky Sports, Martin Brundle.

Para ele, Kimi não pode mais ser piloto da Ferrari.

"A Ferrari precisa se preocupar com Kimi", disse Brundle em sua coluna pós-GP do Canadá para a Sky Sports.

“Eu sei que ele é um dos pilotos mais populares do grid, mas depois de outro erro na qualificação, ele terminou quase 30 segundos atrás de seu companheiro de equipe no domingo.”

"O que eles vão fazer? Na minha opinião, Kimi chegou ao fim da linha. Ele ainda mostra um lampejo de velocidade real de vez em quando, mas ele não consegue mais implacavelmente ter o ritmo de corrida necessário.”

“Ele não está trabalhando nem mesmo como um efetivo escudeiro para Seb.”

“Ganhar o campeonato de construtores é super importante para a Ferrari. Eles não colocam a lista de seus títulos nos painéis dos seus carros de rua por diversão. E, se eles quiserem ganhar nesta guerra contra Red Bull e Mercedes, eles precisam de um Ricciardo ou um Leclerc ao lado de Vettel no próximo ano. E Vettel precisa lidar com isso."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias