Bruno comemora 10º lugar em pista ruim para Williams: "Uma boa vitória"

Brasileiro entrou na zona de pontuação na última volta. Maldonado, que largou em 22º, chegou logo atrás

Bruno Senna em Monza

Bruno Senna estava em 12º lugar, a duas voltas do final da prova de Monza. Com o abandono de Webber e a perda de rendimento de Ricciardo, que ficou sem combustível, conseguiu entrar na zona de pontuação pela sétima vez no ano, terminando na décima posição. O brasileiro comemorou o resultado em uma pista que não casa bem com o carro da Williams.

“Sabemos que em pistas com downforce alto nosso carro tem uma desempenho melhor. E esse não é o caso aqui. Então, chegar à zona de pontos foi uma boa vitória”, afirmou o piloto após a corrida. Para o brasileiro, daria até para ter chegado um pouco mais à frente caso se não tivesse ido parar fora da pista após tentar uma ultrapassagem em Paul di Resta, da Force India, o que danificou seus pneus.

“O carro estava com um ritmo bom, mas a briga estava meio agressiva, com o pessoal jogando a gente para fora da pista, o que acabou danificando os pneus. Fizemos duas voltas com os pneus bem desgastados. Talvez teria sido melhor parar um pouco antes. Mas, enfim, foi o que deu para fazer e conseguimos entrar nos pontos mais uma vez, o que é o nosso objetivo”, disse Bruno, que foi beneficiado no finalzinho pela queda de Ricciardo. “Ele ficou sem combustível. Todos buscam o limite, e no caso deles acabou custando a posição”.

Bruno chegou apenas 0,5s à frente de seu companheiro na Williams, Pastor Maldonado. O venezuelano, que largou em 22º após perder dez posições no grid por punições acumuladas em Spa, fez uma estratégia diferente de Bruno, com duas paradas. “A estratégia funcionou. Parando duas vezes, recuperamos 11 posições. Fomos consistentes e rápidos. Tivemos um bom ritmo, o carro também estava bom, mas não deu tempo de recuperar mais posições. Foi um pecado largar tão atrás, pois dava pra ter conquistado um ótimo resultado”, lamentou Maldonado.

Sem pontuar desde a quinta corrida da temporada, quando venceu em Barcelona, Maldonado está em 15º no campeonato, com 29 pontos. Bruno vem logo a seguir, com 25.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Pastor Maldonado , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias