Bruno Senna aponta erro e crê que poderia largar mais à frente

Brasileiro obteve a 14ª colocação no grid do GP de Abu Dhabi, mas acredita que carro tinha potencial para melhorar

Senna se anima com pneus pouco usados

Bruno Senna acredita que poderia ter se classificado à frente da 14ª colocação que obteve na definição do grid para o GP de Abu Dhabi. O piloto da Renault reconheceu que cometeu um erro em sua última tentativa no Q2.

“Foi um erro muito grande que cometi na curva seis, perdi muito tempo e estragou o pneu. É uma pena. Esse carro estava muito mais rápido do que pareceu.”

Superado pelo companheiro Vitaly Petrov, que larga em 12º, por 160 milésimos, o brasileiro vê uma disputa acirrada na corrida de amanhã.

“Tenho dois jogos de pneu com uma volta só, então estou melhor em termos de pneu que os outros carros. Temos de ver como vai estar o ritmo de corrida. Vai estar apertado [com Force India, Sauber e Toro Rosso]. A corrida vai ser próxima amanhã.”

O piloto russo se mostrou feliz com a performance, após ter problemas nos treinos livres.

“Tivemos um início difícil no final de semana, com alguns problemas mecânicos ontem. Tendo isso em pista, especialmente em uma pista na qual não esperávamos muito, acho que tiramos o máximo do carro. Não poderíamos esperar nenhum milagre, então estou feliz com a 12ª posição.”


(colaborou Luis Fernando Ramos, de Abu Dhabi)

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias