Bruno Senna não se preocupa com chance dada a Grosjean

Brasileiro garante que francês, que treinará pela equipe em Abu Dhabi e no Brasil é só "mais um na briga" por 2012

Grosjean pilotou pela Renault em 2009

Em mais um capítulo da complicada decisão da Renault a respeito de seus pilotos para o ano que vem, o terceiro piloto da equipe, Romain Grosjean, terá a oportunidade de andar com o carro deste ano em treinos livres nas duas provas finais do campeonato. Para Bruno Senna, no entanto, isso não quer dizer nada em relação ao ano que vem.

“O Grosjean também faz parte do quadro de pilotos da Renault e está na briga. O importante é estar na frente dele nessa briga”, garantiu ao TotalRace.

Senna revelou que o francês ocupará seu carro na primeira sessão de treinos livres no próximo Grande Prêmio, em Abu Dhabi, e a vaga de Vitaly Petrov duas semanas depois, no Brasil.

Grosjean é um dos pilotos cotados para estar no cockpit da equipe ano que vem. A grande dúvida gira em torno da volta de Robert Kubica, que se recupera de acidente de rali sofrido ainda em fevereiro. De acordo com declarações do chefe da equipe, Eric Boullier, à Autosport, o time de Enstone ainda aguarda “Robert nos procurar e dizer que pode testar.”

Entre os pilotos que brigam pelas duas vagas, estão, além dos titulares Vitaly Petrov – que garantiu ao TotalRace na Índia que está sob contrato – e Bruno Senna, o próprio Grosjean e Rubens Barrichello.

(colaborou Luis Fernando Ramos)

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias