Bruno Senna tem fim de semana complicado no Canadá

Brasileiro da Williams sofreu nos treinos e na corrida, mas joga bola para frente e diz que "são coisas de corrida"

Senna tem fim de semana complicado no Canadá

O brasileiro da Equipe Williams Bruno Senna teve um fim de semana para se esquecer em Montreal, Canadá, a sétima etapa do campeonato da Fórmula 1 de 2012. Bruno teve complicações com superaquecimento de pneus nas voltas iniciais e só conseguiu completar a corrida em 17º, uma volta atrás do vencedor Lewis Hamilton.

"Foi muito pior do que eu esperava", disse Bruno Senna ao TotalRace. "O primeiro jogo de pneus estava realmente difícil, o segundo jogo estava normal, mas não tinha muito ritmo de corrida. Ficamos para trás, mas essas coisas acontecem. Bola para frente. Temos que entender o que aconteceu", falou o brasileiro.

Senna comentou que logo no início da corrida sofreu com as altas temperaturas dos pneus e de seu motor:

"No começo da corrida, os pneus de trás superaqueceram muito rápido. Como andei muito colocado em carros da frente, meu carro também começou a sobreaquecer e, para completar, ainda fui na grama", revelou.

Bruno comentou que a parte mais sensível do carro na prova deste domingo foi o grande problema de seu FW34.

"O carro estava ruim com os pneus traseiros. Estávamos no limite da aderência. "Fazer uma estratégia de uma só parada era bem arriscado, só que tínhamos que fazer, pois no ritmo que estávamos, mesmo se fizéssemos duas paradas, não conseguiríamos ir mais rápido. Essas coisas acontecem. Temos que aprender essas lições", finalizou Senna, que ocupa a 13ª posição no campeonato com 15 pontos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias