Budkowski faz primeira aparição na F1 com a Renault

compartilhar
comentários
Budkowski faz primeira aparição na F1 com a Renault
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
27 de abr de 2018 21:53

Ex-membro da FIA fez sua primeira aparição na Fórmula 1 como diretor executivo da equipe Renault no GP do Azerbaijão

Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18

Marcin Budkowski está com a Renault desde janeiro, mas não foi autorizado a trabalhar em projetos da F1 ou em sua base de Enstone até o dia 1º de abril.

O ex-chefe do departamento técnico da FIA está em Baku nesta semana, sua primeira aparição na categoria com a Renault.

As notícias de que a Renault estava contratando Budkowski, após sua saída da FIA, enfureceram as equipes rivais da F1 por causa do acesso privilegiado a informações sobre design de carros que ele tinha em seu antigo papel.

O papel sênior de Budkowski na Renault o torna responsável por garantir que o trabalho de desenvolvimento da equipe de Enstone se correlacione adequadamente com o desempenho na pista.

O pessoal sênior de tecnologia da Renault, como o diretor técnico Bob Bell e o diretor técnico de chassis Nick Chester, permanecem em suas posições e se reportarão a Budkowski.

Perguntado pelo Motorsport.com como Budkowski estava participando, Chester disse: "Ele tem muita experiência, eu o conheço bem desde quando ele estava trabalhando em um papel técnico na FIA e eu estava fazendo reuniões do Grupo de Trabalho Técnico com ele.

"Ele é um bom sujeito para trabalhar, tem conhecimento aerodinâmico, tem conhecimento de como as equipes trabalham.”

"É sempre útil ter alguém com experiência que possa ver as coisas em como você pode desenvolver a equipe."

Apesar de Budkowski ter se juntado à Renault com a reputação de ser uma estrela em ascensão da FIA, ele teve uma substancial experiência na F1 antes de ingressar no órgão que incluía cargos aerodinâmicos seniores na Ferrari e depois na McLaren.

Chester disse que os ativos reais de Budkowski se estenderam além do papel da FIA, apesar de ter sido isso que dominou a conversa sobre sua assinatura.

"Sua experiência na FIA é de três anos contra bem mais de 10 anos em equipes", disse Chester. "Ele traz muita experiência em como os carros funcionam."

Próxima Fórmula 1 matéria
GALERIA: As melhores imagens da sexta-feira em Baku

Previous article

GALERIA: As melhores imagens da sexta-feira em Baku

Next article

Vettel lidera último treino livre do GP do Azerbaijão

Vettel lidera último treino livre do GP do Azerbaijão
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias