Buemi quer voltar ao grid, mas descarta HRT e Marussia

Ex-Toro Rosso e atual piloto de testes da Red Bull, Sebastien Buemi cava vaga para 2013, desde que não seja em uma nanica

Buemi não quer saber das nanicas

Depois de ser dispensado pela Toro Rosso no ano passado, o suíço Sebastien Buemi assumiu o cargo de piloto de testes da Red Bull. Em 2013, Buemi quer estar de volta ao grid, mas descarta pilotar pelas nanicas HRT e Marussia. “Eu não aceitaria guiar para times tão pequenos. Claro que eu gostaria de voltar ao grid, mas esses times estão muito distantes do resto. Quando, após 15 voltas, sua única preocupação é de não atrapalhar os demais pilotos, você não está verdadeiramente em uma corrida”, argumentou.

Buemi acha que pode aproveitar sua experiência de um ano como piloto de testes da Red Bull, atual bicampeã de pilotos e construtores, para cavar uma boa vaga no grid em 2013. “A Red Bull é o time número 1 da categoria e eu tenho um pé na porta dela. Isso será algo importante se eu quiser voltar ao grid da Fórmula 1”, acredita o suíço.

Sobre a Toro Rosso, que o dispensou no final de 2011 e não vem fazendo uma boa temporada, Sebastien Buemi preferiu não entrar em polêmica. Ao contrário de seu ex-companheiro Jaime Alguersuari, evitou criticar o time satélite da Red Bull. “A Toro Rosso realmente não está muito bem esse ano, somando menos pontos que em 2011, mas não estou pensando nisso. Toro Rosso é um capítulo encerrado para mim e ficou no passado”, afirmou.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sébastien Buemi
Tipo de artigo Últimas notícias