Button celebra posto de líder na McLaren: "Rendo melhor assim"

Com a saída de Hamilton, inglês espera lucrar com carro desenvolvido de maneira que case mais com seu estilo

Jenson Button viverá uma situação diferente dentro da equipe McLaren a partir da próxima temporada. Com a saída de Lewis Hamilton e a chegada do jovem Sergio Perez, o campeão de 2009 quer assumir o posto de líder da equipe, podendo desenvolver o carro de acordo com suas necessidades.

O inglês lembrou que já viveu essa situação e acredita que, como líder, rende melhor do que tendo tanta influência do companheiro. “Não é a primeira vez que isso acontece. Quando cheguei na BAR e Jacques [Villeneuve] saiu a situação era a mesma. Estava lá para liderar a equipe e é algo que realmente me deixa animado e que tira o máximo de mim. Consigo construir uma equipe ao meu redor e direcionar o time da maneira que quero.”

Button explicou que ter um carro que case com seu estilo é especialmente bom para ele porque, caso o equilíbrio não esteja de seu agrado, tende a ter mais dificuldades que os demais. “Todos temos estilos diferentes. Para mim, preciso de um carro que posso desenvolver ao meu gosto e no qual me sinto confortável. Se o carro estiver neutro e sem equilíbrio, não funciona para mim. Preciso desenvolver um carro que sirva para mim e não acho que ninguém faz um trabalho melhor que eu nesse sentido. Meu problema é que, se não estiver confortável com o carro, tenho mais dificuldades que os outros.”

Falando sobre o companheiro nas últimas três temporadas, Lewis Hamilton, o inglês salientou a velocidade do compatriota em uma volta lançada e disse que o campeão de 2008 evoluiu neste ano. “Lewis é extremamente rápido e definitivamente tem a velocidade que nem todos têm – principalmente em uma volta lançada – mas sabemos que a F-1 não é só isso. É uma corrida e é onde você marca pontos. Claro que foi um companheiro duro em termos de velocidade, mas bom também de se trabalhar e para desenvolver o carro. Acho que ele aprendeu muito neste ano em relação à conservação de pneus.”

Button acha que contribuiu nessa evolução. “Acho que nossa parceria foi boa porque aprendemos um com o outro. Mesmo que ele diga que não, isso nos ajudou a melhorar enquanto pilotos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias