Button define corrida em Spa como “embaraçosa” após falha no ERS

Com defeito no sistema de recuperação de energia, piloto britânico diz que não pôde fazer nada no GP da Bélgica

Vencedor do GP da Bélgica em 2012, o britânico Jenson Button teve um dia para esquecer em Spa-Francorchamps neste último domingo (23). O piloto da McLaren sofreu com uma falha no sistema de recuperação de energia de sua unidade de potência (o ERS), e não pôde almejar mais do que apenas completar a prova.

"Tive um problema com a recuperação de energia no ERS", explicou Button.

"Foi no momento que estava no topo da Eau Rouge. Não tive mais potência em linha reta. Não sei por que, mas a corrida toda foi assim. Quando você está correndo só com o motor a gasolina, falta energia, se compararmos com aqueles que usam os motores elétricos.”

"Nunca tive este problema antes, mas o ritmo não era bom de qualquer maneira, como pudemos ver com Fernando Alonso. Não ter qualquer destes recursos elétricos nas retas é uma grande quantidade de energia perdida nos dias de hoje.”

Segundo o campeão de 2009, seu carro andava muito mais devagar do que deveria. "Quando você não tem o motor elétrico, perde de 160 a 180 cavalos de potência. O que fiz foi manter o carro no asfalto”, justificou.

"Foi um dia difícil. É realmente embaraçoso ficar andando atrás."

Button finalizou a corrida em 14º, apenas à frente dos dois carros da Manor.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Jenson Button
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias