Button diz que baixa velocidade da McLaren “assustou”

Campeão de 2009 fala que MP4-30 é bom de curvas mas não pode ultrapassar por não ter potência nas retas

O 14º lugar conquistado em Interlagos foi o máximo que o britânico Jenson Button pôde fazer em Interlagos segundo ele mesmo. Para o piloto da McLaren não há como se ultrapassar carros na pista com a baixa velocidade final de seu motor Honda.

Jenson inclusive classificou como "assustadora" a forma com que foi ultrapassado durante a corrida do último domingo no S do Senna.

“Ficamos muito longe dos ponteiros, mas ficamos apenas uma volta atrás. Quando eles passam é assustador o quão rápido eles estão, especialmente nas retas”, falou.

"Não foi tão ruim, na verdade. Nós ainda terminamos em 14º, mas estávamos 12 segundos atrás do décimo, que provavelmente é mais próximo que o esperado.”

Em contrapartida, Button diz que o pacote da McLaren permanece relativamente competitivo em curvas apesar de ter problemas em linha reta.

"No chassi, pelas curvas nós estamos realmente muito competitivos. Podemos nos divertir bastante, o que é ótimo. Mas não há como passarmos ninguém. Eles estão muito longe nos retrovisores e de repente estão do seu lado na curva 1, de modo que é muito difícil de julgar.”

"Eu acho que há alguns pontos positivos a tomarmos. Nós recebemos a bandeirada com os dois carros, mas o mais importante foi a sensação que tivemos com o carro. Estou de volta na fábrica na terça-feira e espero que possamos encontrar um outro caminho a seguir."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias