Button prefere manter a calma antes da corrida australiana

Empolgado por primeira fila da McLaren, inglês espera a corrida para determinar se carros prateados estão acima da concorrência

Lewis e Jenson: para muitos a melhor dupla do grid

 

O resultado do treino de classificação foi auspicioso para a McLaren em relação à temporada atual da Fórmula-1. Lewis Hamilton e Jenson Button dominaram a primeira fila, com boa margem em relação aos rivais. Mas os pontos que tanto importam só chegam na corrida, realizada neste domingo, às 3 da manhã (Brasília).


"Acho que nosso ritmo é bom. Não sabemos o quão bom porque não corremos com muito combustível na sexta-feira. Todos fizeram simulações, mas sempre com pouco combustível. Fiquei surpreso com a consistência, que foi muito boa, e com quão bem os pneus estavam aguentando. Basicamente, a questão é deixar os pneus nas temperaturas certas para funcionarem, porque as temperaturas, largando às 5h da tarde (horário local), serão um dos grandes problemas."

 

Sempre hábil em administrar os compostos da Pirelli, Button vê certas incógnitas a serem respondidas no GP da Austrália.

 

"É difícil se adaptar aos pneus. Na classificação, não é um problema porque você só fica na pista uns cinco minutos e pode fazer ajustes, mas na corrida é 1h30 e você só troca os pneus de vez em quando. É muito complicado e espero que sejamos bons nisso e vamos mostrar amanhã."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias