Cambagem exagerada pode ter provocado bolhas nos pneus

compartilhar
comentários
Cambagem exagerada pode ter provocado bolhas nos pneus
Por: Bruno Vicaria
7 de set de 2011 08:08

Reclamação da Red Bull sobre problema em Spa tem a ver com ângulo usado pela equipe; Pirelli sugere uso de um valor menor

Mark Webber em Spa

Na última corrida realizada pela Fórmula 1 na Bélgica, algumas equipes, principalmente a Red Bull, sofreram com bolhas nos pneus, decorrência do rápido aquecimento dos pneus.

De acordo com reportagem publicada pela revista inglesa "Autosport", a Pirelli identificou o problema como sendo um excesso de cambagem dos carros, e teria sugerido aos times um limite para o artifício.

A cambagem consiste na diminuição do contato do pneu com o solo. Visualmente, é identificado quando o pneu não está reto em relação ao chão, mas um pouco inclinado. Quanto maior a cambagem, mais rápido o pneu aquece.

Por isso, segundo a publicação inglesa, a fabricante de pneus teria sugerido um limite máximo de angulação dos pneus para 3,75° em Spa, a Red Bull teria utilizado uma cambagem de 4,3°. Paul Hembery, diretor esportivo da Pirelli, disse que esta é apenas uma medida de precaução.

"Pelos dados que vimos, Monza deve ser similar a Spa na exigência dos pneus. Contudo, teremos mais tempo de pista seca de acordo com a previsão, e com limites mais cautelosos, tudo estará bem", afirmou. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Di Grassi disputa etapa da V8 Supercar australiana

Previous article

Di Grassi disputa etapa da V8 Supercar australiana

Next article

Maldonado aposta no FW33 para pontuar em Monza

Maldonado aposta no FW33 para pontuar em Monza
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias