"Carro parece ser complexo", diz Alonso, sobre a F2012

Espanhol completa 87 voltas, fica a três décimos de Vettel, mas não se diz totalmente satisfeito com novo equipamento

Fernando Alonso em Barcelona

Fernando Alonso anda com a pulga atrás da orelha. Apesar de ter sido o quarto colocado nesta quarta-feira, a três décimos da Red Bull, o piloto da Ferrari não está 100% satisfeito.

"Ainda é cedo para dizer. Claro, nossas metas são ambiciosas e isso é normal para a Ferrari: você sempre quer vencer a primeira corrida logo se quer ser concorrente ao título, então essa é a meta", analisa o espanhol, que deu 87 voltas em Barcelona.
 
"No momento, não sabemos exatamente nossa posição. Acho que não somos os mais rápidos, mas não estamos entre os mais lentos, então precisamos esperar para ver. Com o calor da Austrália vamos ver."
 
Segundo o bicampeão, a F2012 é um carro de natureza complicada. "É verdade que estamos coletando informações sobre o carro que já deviam estar conosco, mas o carro parece ser complexo para entender e precisamos melhorar isso e entender mais sobre o comportamento."
 
"Lembro no ano passado, nos primeiros testes em que fizemos uma distância de corrida e ficamos 1s5 atrás da Red Bull na Austrália. Então uma simulação de corrida é sempre boa, mas prefiro ter um carro de boa performance e encontrar confiabilidade que um carro confiável e lento."
 
Por fim, Alonso afirmou que, para bater a Red Bull, será preciso grandes ideias: "A Red Bull parece competitiva, mas isso não é uma surpresa. Eles sempre estarão lá, então McLaren/Ferrari precisam inventar algo e ser mais criativas para bater a Red Bull."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias