Carros de 2017 mostrarão quem não vai à academia, diz Palmer

25,370 visualizações

Piloto britânico acredita que novos carros serão muito mais físicos para os pilotos do que os do ano passado

Para Jolyon Palmer, os pilotos que não tiverem treinado direito durante o inverno na academia serão postos à prova nos primeiros testes para a temporada de 2017 da Fórmula 1. Segundo ele, os carros serão mais exigentes fisicamente do que os da temporada passada.

"Posso ver que fará a diferença", disse Palmer sobre as mudanças.

"Nós realmente não sabemos exatamente o desempenho (dos carros de 2017). Sabemos quais são os números, mas ainda não sabemos o que os pneus vão fazer.”

"Se for como pensamos, os carros mostrarão certamente no início quem foi à academia e quem não foi. Quem não treinou tanto, vai ser descoberto eu acho."

Palmer diz que é difícil dizer se as mudanças serão positivas para a Fórmula 1.

"Acho que os carros vão mais rápidos no geral e será um desafio maior, mas haverá algumas curvas que não serão tão desafiadoras, porque você vai fazer de pé embaixo", comentou.

"Talvez você possa fazer a Eau Rouge de pé embaixo, quando estiver atrás de alguém e pegar o vácuo. Talvez o efeito do vácuo seja maior com o DRS desligado – não sabemos.”

"Eu acho que você pode olhar para trás e ver que quando os carros tinham muita aerodinâmica era muito difícil de seguir alguém, como em 2007 e 2008. Mas eles não tinham DRS e tínhamos ultrapassagens.”

"Alguns dos vácuos eram muito grandes, e no momento não estamos tendo grandes vácuos. Então, acho que é um efeito duplo. Só vamos realmente saber na primeira corrida, em Melbourne."

A Renault lançará seu novo carro no dia 21 de fevereiro.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jolyon Palmer
Tipo de artigo Últimas notícias