Cenas lamentáveis: as disputas quentes no esporte a motor

A temporada 2016 da Fórmula 1 já foi palco de dois encontros entre Sebastian Vettel e Daniil Kvyat que deixaram o alemão bastante irritado; Confira outros contatos que geraram faíscas na história recente do mundo da velocidade

Não é Libertadores da América, mas as famosas 'cenas lamentáveis' também podem acontecer. Um toque, uma pilotagem mais agressiva e o relacionamento entre dois pilotos, que até então era no mínimo cordial vira uma guerra. O mais recente caso no esporte a motor ainda não virou uma batalha pessoal, porém a situação já esquentou. Os personagens em questão são Sebastian Vettel e Daniil Kvyat.

O 'primeiro round' entre o alemão e o russo aconteceu no GP da China. Na corrida seguinte, o GP da Rússia, veio o 'segundo round' entre os pilotos de Ferrari e Red Bull, com Vettel ficando irritado e, ainda no carro, disparando uma sequência de palavrões em conversa, via rádio, com o time italiano.

Como não é a primeira vez que se vê uma 'atração fatal' na história do esporte a motor, o Motorsport.com Brasil relembra outros casos em que pilotos se envolveram em incidentes na pista e a temperatura esquentou.

Confira as histórias na galeria abaixo:

Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H e Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, na largada do GP da China

Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H e Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, na largada do GP da China
1/14

Na largada do GP da China, Daniil Kvyat viu um espaço por dentro na curva 1 e buscou a trajetória. Vettel, que vinha um pouco mais pelo centro, disse ter se assustado com o "torpedo" russo.

Photo by: XPB Images

Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H e Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, na largada do GP da China

Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H e Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, na largada do GP da China
2/14

Com isso, o alemão acabou atingindo o carro de Räikkönen. Ali, a corrida de ambos acabou sendo prejudicada. Vettel ainda conseguiu se recuperar, de certa forma, e terminou em segundo, com o russo em terceiro - o finlandês foi o quinto. Antes do pódio, Vettel teve uma discussão áspera com Kvyat., vista pelo mundo todo.

Photo by: XPB Images

Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB12, bate em Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H, na largada do GP da Rússia

Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB12, bate em Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H, na largada do GP da Rússia
3/14

Na largada do GP da Rússia, novo encontro entre Vettel e Kvyat. Na freada para a curva 2, o russo acertou a traseira da Ferrari do germânico.

Photo by: XPB Images

A danificada Ferrari SF16-H de Sebastian Vettel após os toques com Daniil Kvyat

A danificada Ferrari SF16-H de Sebastian Vettel após os toques com Daniil Kvyat
4/14

Na curva 3, novo toque de Kvyat em Vettel e o alemão não conseguiu evitar a rodada, batendo na barreira de proteção e abandonando a prova. Ainda no carro e sem saber que o russo tinha sido o responsável pelos toques, Vettel esbravejou pelo rádio e não economizou nos palavrões. Após ver o incidente, mais calmo, o piloto da Ferrari criticou o russo, mas disse que não falará com Kvyat sobre o assunto.

Photo by: XPB Images

Felipe Massa, Scuderia Ferrari

Felipe Massa, Scuderia Ferrari
5/14

Na temporada 2011, um caso que esquentou bastante: Felipe Massa, então na Ferrari, e Lewis Hamilton, ainda na McLaren, tiveram nada menos do que cinco encontros na pista durante a temporada - nos GPs de Mônaco, Grã-Bretanha, Cingapura, Índia e Japão.

Photo by: XPB Images

Felipe Massa, Scuderia Ferrari

Felipe Massa, Scuderia Ferrari
6/14

O toque em Marina Bay, ocorrido na 12ª volta da corrida, furou o pneu do carro do brasileiro, que precisou ir aos boxes para trocar o composto. Após a prova, quando Hamilton concedia entrevista aos jornalistas, Massa o contestou de forma enérgica, dizendo "bom trabalho" de forma irônica, ao passo que Hamilton retrucou com um "não encoste em mim".

Photo by: XPB Images

Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T

Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
7/14

No ano passado, Kimi Räikkönen e Valtteri Bottas protagonizaram confusão em duas provas. No GP da Rússia, na última volta, o piloto da Ferrari tentou uma manobra mais do que otimista sobre o compatriota durante a disputa pelo terceiro lugar. O piloto da Williams bateu e abandonou, enquanto o 'homem de gelo' se arrastou para chegar em oitavo.

Photo by: XPB Images

Valtteri Bottas, Williams

Valtteri Bottas, Williams
8/14

Duas corridas depois, no GP do México, novo incidente entre os finlandeses. Enquanto Bottas sobreviveu e foi ao pódio, em terceiro...

Photo by: XPB Images

Kimi Raikkonen, Ferrari, volta para os boxes após abandonar o GP do México

Kimi Raikkonen, Ferrari, volta para os boxes após abandonar o GP do México
9/14

...Räikkönen sofreu uma quebra na suspensão traseira esquerda em decorrência do toque e abandonou a prova.

Photo by: XPB Images

Joey Logano, Team Penske Ford, e Matt Kenseth, Joe Gibbs Racing Toyota

Joey Logano, Team Penske Ford, e Matt Kenseth, Joe Gibbs Racing Toyota
10/14

Na NASCAR Sprint Cup, em 2015, o Chase também viu cenas tensas entre Matt Kenseth e Joey Logano. Na etapa do Kansas, Kenseth liderava e, se vencesse, garantiria a sobrevivência na fase decisiva da temporada. No entanto, o piloto da Penske tocou em Kenseth, que rodou e perdeu a chance de vencer.

Matt Kenseth, Joe Gibbs Racing Toyota, roda após ser tocado por Joey Logano, Team Penske Ford

Matt Kenseth, Joe Gibbs Racing Toyota, roda após ser tocado por Joey Logano, Team Penske Ford
11/14

Na etapa seguinte, em Talladega, Kenseth foi eliminado, enquanto Logano - que vencera no Kansas após o toque - seguia em frente. A vingança veio em Martinsville: já eliminado e sem chance alguma de vencer aquela prova, Kenseth buscou Logano e bateu propositalmente no piloto da Penske. O veterano da Joe Gibbs foi suspenso por duas corridas.

Photo by: NASCAR Media

Marc Marquez, Repsol Honda Team, e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Marc Marquez, Repsol Honda Team, e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
12/14

E a MotoGP, claro, viu as coisas esquentarem entre Valentino Rossi e Marc Márquez. Tudo começou no GP da Argentina, quando o italiano fez conseguiu uma recuperação impressionante e chegou no espanhol a duas voltas do fim. Na disputa pela liderança, os dois se tocaram e Márquez foi ao chão, enquanto Rossi venceu a prova.

Photo by: Repsol Media

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
13/14

No GP da Holanda, Rossi e Márquez brigaram pela vitória até a última curva, quando o piloto da Honda tentou uma manobra arriscada sobre o rival da Yamaha. Rossi passou reto na chicane e, mesmo pela brita, conseguiu controlar a M1 para vencer a terceira em 2015 e seguir vivo na briga pelo título.

Photo by: Repsol Media

Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
14/14

O GP da Malásia foi o ápice da guerra entre Rossi e Márquez. Na coletiva de quinta-feira, o italiano partiu para o ataque verbal, acusando o espanhol de atuar deliberadamente para interferir na disputa interna da Yamaha pelo título. Os dois entraram em uma batalha intensa na pista e Rossi derrubou Márquez. O italiano foi punido e largou em último no GP de Valência, quando Jorge Lorenzo venceu e conquistou o terceiro título na MotoGP.

Photo by: Yamaha MotoGP
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Conteúdo especial