CEO da Lotus garante que time não está à venda

Equipe com base em Enstone diz que não será alvo de nova aquisição da Renault para ingressar na Fórmula 1

Com boatos circulando de que a Renault quer retornar à Fórmula 1 com sua equipe de fábrica, a Lotus negou que tenha intenção de vender seu time à montadora francesa. O time usava propulsores da marca até o ano passado e neste ano trocou para os Mercedes.

Entretanto, na última entrada da Renault como equipe de Fórmula 1, a equipe de Enstone foi o alvo. A tradicional Benetton foi adquirida, e sob a guarda da montadora conquistou dois títulos em 2005 e 2006 com Fernando Alonso. A Renault saiu da Formula 1 com seu nome no fim de 2011.

"Eu sei que a Renault está avaliando seu papel dentro da Fórmula 1 no momento," disse Matthew Carter CEO em uma conferência de negócios de esportes à agência Reuters.

"Eu acho que eles estão em um nível bastante elevado tentando decidir se eles apenas fazem os motores, ou entrar no esporte por completo fazendo uma equipe propriamente.”

"Meus acionistas têm falando muito especificamente que a equipe não está à venda".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Romain Grosjean
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias