Chandhok vê Mundial de Endurance com bons olhos

Indiano, ciente de que não conseguirá espaço como titular em 2012, espera seguir competindo e sonha em estar nas 24h de Le Mans

Karun Chandhok

A criação do Mundial de Endurance por parte da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) pode fazer com que muitos pilotos que ocupam posições secundárias na F-1 passem a competir de verdade no novo campeonato.

Além de Lucas di Grassi, que considera competir no novo torneio, Karun Chandhok é outro que leva a sério a ideia, que pode render uma participação nas 24 Horas de Le Mans, uma vez que acha difícil um posto de titular na F-1 em 2012.
 
"Ter um cockpit na F-1 está quase impossível para 2012, mas está bem claro que preciso correr novamente, pois ficar do lado de fora por outro ano não será bom para mim. Isso também me ajudará se pintarem novas oportunidades na F-1 no futuro", analisa.
 
"Minha meta ainda é a F-1, mas esse novo Mundial de Endurance é muito interessante. Só bate uma data com o calendário da F-1, então posso me manter lá treinando em um monte de sextas-feiras", destaca Chandhok, que sonha em correr a mítica corrida de 24 horas.
 
"Competir em Le Mans é uma das coisas que preciso fazer. Já corri em Mônaco, Macau, Spa e Silverstone, e Le Mans está na lista de 'coisas para fazer'", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias