Chateado, Alonso fala de sorte ao se referir a sexto lugar em Montreal

Espanhol continua pontuando em todas as corridas de 2014; Após rodar no hairpin, Räikkönen consegue um ponto

Totalmente coadjuvante da corrida de hoje, Fernando Alonso não teve bom ritmo desde o treino de classificação. O piloto da Ferrari não chegou nem perto de conseguir algo melhor, e, segundo ele mesmo, levou seu sexto lugar na sorte após os problemas com Massa e Pérez na última volta da corrida.

"Olhando para a parte final da corrida de hoje, pegamos alguns pontos na sorte, mas ainda não podemos estar felizes com onde nós terminamos, já que o nosso objetivo era fazer melhor do que isso”, relatou.

“No início, meu ritmo não era bom, e eu não estava feliz com o equilíbrio do meu carro. Em seguida, na segunda volta, quando a pista começou a melhorar, encontramos um bom ritmo e conseguimos apanhar o grupo da frente. Mas não fomos rápidos o suficiente para nos juntarmos à luta. O que a Red Bull fez na corrida mostra o quão rápido as coisas podem mudar na Fórmula 1 , o que deve se tornar ainda mais motivação para nós chegarmos a um ponto em que podemos lutar pela vitória.”

“Neste fim de semana, demos alguns passos à frente, especialmente na parte da frente na aerodinâmica, mas os outros também têm melhorado, e agora tudo o que podemos fazer é continuar a trabalhar para estar o mais bem preparado possível para as próximas corridas."

Kimi Räikkönen fez prova discreta, e conseguiu um ponto em décimo no fim. “Hoje nunca tive uma pista limpa à frente de mim, por uma ou outra razão eu estava sempre preso atrás de outros carros. No começo, eu tive alguns problemas com os freios e dirigir o carro não era consistente. Então, depois de algumas voltas, os pneus se comportaram melhor, mas ainda com altos e baixos”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias