Chefe acha que Red Bull pode alcançar Ferrari neste ano

compartilhar
comentários
Chefe acha que Red Bull pode alcançar Ferrari neste ano
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
23 de mar de 2016 13:59

Christian Horner acredita que avanço programado no motor para o GP do Canadá possa fazer Red Bull melhorar ainda mais

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12 and Felipe Massa, Williams FW38 battle for position
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Adrian Newey, Red Bull Racing Chief Technical Officer look at the Scuderia Toro Rosso STR11 of Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso on the grid
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing on the drivers parade
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12

Chefe do time de Milton Keynes, Christian Horner ficou bastante animado com o quarto lugar de Daniel Ricciardo na Austrália. Tanto, que ele já acha possível chegar na Ferrari até o fim do ano dado o potencial da nova unidade de potência da Renault.

"O ritmo que tivemos na corrida foi muito encorajador", disse Horner sobre a prova de Melbourne.

"Se você olhar para o nosso ritmo nos compostos diferentes, estávamos bastante competitivos.”

"Certamente nós fomos o terceiro carro mais rápido da corrida, e não muito longe da Ferrari em ritmo de prova."

Classificação é chave

A Red Bull foi ajudada em sua recuperação após muitas estratégias terem sido prejudicadas pela bandeira vermelha na Austrália. Por isso, Horner está ciente de que o ritmo de classificação da Renault precisa de um impulso.

"Eu acho que com certeza fizemos progresso, particularmente nas condições de corrida", disse ele sobre a unidade de potência da Renault. "Menos na classificação, mais na corrida.”

"Então eu acho que se conseguirmos dar o próximo passo que estamos esperando, nos moverá para uma posição mais competitiva.”

"Mas, fundamentalmente, o chassi está funcionando muito bem. A degradação dos pneus tem sido muito boa. Nossos stints pareciam melhores, e nós estávamos competitivos quando Ricciardo estava com pista livre. Ele estava fazendo voltas como as de Sebastian Vettel."

Ferrari é o alvo

Embora a Ferrari pareça ter um carro para desafiar a Mercedes nesta temporada, Horner não descarta colocar pressão sobre Maranello.

"A Ferrari não está muito à nossa frente", disse ele. "Então, se pudermos dar nosso máximo, não é inviável que na segunda metade deste ano nós possamos chegar neles um pouco."

Próxima Fórmula 1 matéria
Análise Técnica: Giorgio Piola explica novidades na Austrália

Previous article

Análise Técnica: Giorgio Piola explica novidades na Austrália

Next article

GPDA pede reformas na "estrutura doente" da Fórmula 1

GPDA pede reformas na "estrutura doente" da Fórmula 1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias