Chefe da F1 conversa com Dinamarca para GP em 2020

compartilhar
comentários
Chefe da F1 conversa com Dinamarca para GP em 2020
11 de jan de 2018 12:34

Chase Carey discute possibilidade de ver categoria retornando à península escandinava em corrida nas ruas de Copenhague

O chefe da Fórmula 1, Chase Carey, diz querer realizar uma corrida nas ruas da cidade dinamarquesa de Copenhague. Ele discutiu a proposta de fazer um GP na Dinamarca até 2020 com o prefeito da cidade e o ministro dos Negócios da Dinamarca em uma visita a Copenhague nesta última quarta-feira (11).

"Estamos entusiasmados com a oportunidade de explorar uma corrida em potencial aqui", disse Carey, acrescentando que nenhuma decisão foi tomada.

"Copenhague representa o tipo de localização que achamos que pode realmente fornecer uma ótima plataforma."

Novas corridas em "cidades destino" são uma parte da ambição dos novos proprietários da F1, a Liberty Media. Os norte-americanos querem remodelar o esporte após a saída do chefe de longa data do campeonato, Bernie Ecclestone. Eles visam eventos em mercados-chave, como EUA e Ásia.

O projeto de Copenhague está sendo apoiado por um consórcio liderado pelo ex-ministro Helge Sander e Lars Seier Christensen, co-fundador e ex-diretor chefe da plataforma de negociação on-line Saxo Bank.

"Eles não apenas veem isso como Copenhague, mas como toda a Escandinávia, que é um mercado em potencial para eles", disse Christensen.

Se a corrida ocorrer, seria o primeiro GP da Dinamarca da história. A última corrida na Escandinávia foi o GP da Suécia, realizado em Anderstorp de 1973 a 1978.

Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren: dificuldade da Honda é parecida com da Jaguar na F1

Previous article

McLaren: dificuldade da Honda é parecida com da Jaguar na F1

Next article

F1 promete aos fãs “experiência totalmente nova” na TV

F1 promete aos fãs “experiência totalmente nova” na TV

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias