Chefe da Haas, Steiner elogia progresso da equipe em testes

Equipe estreante da Fórmula 1 completou 281 voltas nos quatro primeiros dias

Chefe de equipe da Haas, Guenther Steiner admite que a primeira semana de testes em Barcelona foi mais bem sucedida do que o esperado pela equipe estreante de Fórmula 1, especialmente em termos de milhagem acumulada.

Depois de um primeiro dia em que uma falha de montagem da asa dianteira prejudicou os trabalhos, o carro andou 281 voltas nas mãos de Romain Grosjean e Esteban Gutierrez.

 

Na quinta-feira, o mexicano foi capaz de realizar uma simulação de corrida, embora os planos para explorar o desempenho com pneus macios fossem atrapalhados por um problema eletrônico que encalhou o carro na pista no final do dia.

Steiner ficou surpreendido de como o trabalho, no geral, foi positivo.

"Você sempre espera o melhor, que tudo corra bem", disse ele. "Foi bom, mas tivemos o nosso trabalho interrompido.

"O problema com a asa dianteira eu não chamaria de bom. Não é agradável perder uma asa dianteira no primeiro dia".

"Mas eu sou positivo por causa de quão bem nos recuperamos a partir de então. Tivemos uma solução e, no período da tarde, estávamos na pista novamente. Fizemos algumas medições, paramos rodando em alta velocidade, e no dia seguinte, fomos até a velocidade máxima novamente".

"Nós estamos muito felizes com o que conseguimos nesta semana, e orgulhosos disso."

 

Voltas por equipe - 22, 23, 24 e 25 de fevereiro
Voltas por equipe - 22, 23, 24 e 25 de fevereiro

Photo by: Camille De Bastiani - CdeB DESIGN

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Teste de fevereiro em Barcelona
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Romain Grosjean , Esteban Gutierrez
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Entrevista