Chefe da Honda mostra confiança para pré-temporada

Yasuhisa Arai crê que a maior parte dos problemas de liberação de energia híbrida tenham sido solucionados

O ano de 2015 viu o retorno de um conjunto mítico às pistas da Fórmula 1. McLaren e Honda estiveram juntos entre 1988 e 1992. Neste tempo, só não conquistaram um título: o de 1992. Com a volta da montadora japonesa ao time inglês, as expectativas eram muitas.

No entanto, tudo foi um grande desastre, e graças ao motor: apesar dos progressos registados em algumas áreas durante o ano, o sistema de recuperação de energia da Honda (ERS) não era eficiente na liberação da energia híbrida, prejudicando bastante a velocidade em linha reta da equipe britânica.

Para 2016, no entanto, o chefe de esporte a motor da Honda, Yasuhisa Arai, está esperançoso de ganhos sólidos.

"Estamos ansiosos para satisfazer às expectativas de todos e chegar ao pódio o mais rápido possível", disse Arai ao Nikkei Asian Review.

"Nós vamos resolver os problemas tecnológicos que não conseguimos resolver em 2015 e vamos para a corrida de abertura com confiança."

Arai falou também que a equipe da Honda trabalhou em ritmo acelerado no Japão e no Reino Unido na tentativa de corrigir os problemas da unidade.

"Em agosto passado, iniciamos estudos no nosso laboratório em Sakura sobre um mecanismo destinado a resolver os nossos problemas para a temporada de 2016", disse ele.

"Eu não poderia dizer que, com certeza, encontraríamos soluções dentro de um ano.”

"Os membros da nossa equipe de desenvolvimento estiveram ocupados, porque trabalharam simultaneamente para melhorar a nossa unidade de potência em 2015 e para refazer os projetos para 2016."

Os testes de pré-temporada da F1 começam no final deste mês, no dia 22 de fevereiro, na pista da Catalunha, Espanha.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias