Chefe da McLaren vê futuro de sucesso para Magnussen

Diretor da equipe, Eric Boulier nega que piloto dinamarquês tenha sido demitido injustamente e deseja sorte em sua carreira

A saída de Kevin Magnussen da McLaren foi cruel. O piloto foi demitido no dia do aniversário por e-mail pelo comando central da equipe, da qual fazia parte do programa de desenvolvimento desde 2010.

No entanto, o diretor do time, Eric Boullier, minimizou o ocorrido e vê grande futuro para o piloto dinamarquês.

"Primeiro de tudo, ele não foi demitido", disse Boullier quando perguntado se a saída de Magnussen havia sido injusta.

"O contrato dele já estava terminando neste ano, por isso tínhamos uma opção de renová-lo ou não. Nós decidimos não renová-lo por várias razões.”

"Nós, como McLaren, sabemos que Kevin tem um grande talento. Ele tem de ser elogiado por isso, e deveria ter um lugar na Fórmula 1 no próximo ano. Ele vai ter uma carreira de sucesso, tenho certeza.”

"O quanto estou envolvido com o processo, não vou comentar."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kevin Magnussen
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias