Chefe da Mercedes admite que não gostaria de ver Williams vencendo corridas

Toto Wolff diz que não pegaria bem para o time perder para uma das três clientes de seus motores

A Mercedes começa a temporada 2014 da Fórmula 1 como fornecedora de motores melhor preparada e ares de favorita, mas os alemães não escondem a preferência que a vitória no GP da Austrália fique “em casa”. E isso significa um triunfo de um dos carros da equipe Mercedes, de Lewis Hamilton ou Nico Rosberg.

O chefe administrativo da equipe, Toto Wolff, é o primeiro a admitir que não seria bom para a imagem do time sair perdendo para algum dos clientes – e isso inclui a Williams de Felipe Massa.

“Nossa maior prioridade deve ser vencer com a equipe de fábrica”, reconheceu o dirigente, em entrevista acompanhada pelo TotalRace em Melbourne. “Parte do meu trabalho como representante da marca é me certificar de que nossos clientes tenham um bom serviço e, se pudesse escolher, um deles seria o segundo.”

Além da Mercedes, usam o motor alemão a Williams, Force India e McLaren.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias