Chefe da Mercedes critica reclamações da Red Bull sobre regulamento

Toto Wolff pede que time austríaco se concentre em melhorar situação ao invés de falar mal de medidas técnicas

Se utilizando do exemplo da Mercedes até se tornar uma grande força na Fórmula 1, no início do ano passado, o diretor executivo da equipe Mercedes, Toto Wolff, criticou as declarações dadas por Helmut Marko e Christian Horner sobre o regulamento atual da F-1.

Os dirigentes do time austríaco dizem que o fato de gastarem mais e de o motor ter muito mais importância que em outro tempos, pode fazer com que a companhia de energéticos deixe a categoria.

Toto Wolff reclamou da conduta dos dirigentes da Red Bull, e pediu persistência ao time tetracampeão do mundo entre 2010 e 2013. "Se você entrar na F-1, tem que tentar bater os outros", disse ele.

"Nós tivemos uma performance do mais alto nível, e você precisa analisar isso após a primeira corrida, não chorar por sua performance. Não foi assim que fizemos as coisas no passado, não era assim que nós agíamos. Eu ainda não ouvi isso deles, mas o que eu posso dizer é: concentrem-se, trabalhem duro e tentem resolver o problema."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias