Chefe da Mercedes revela clima "muito tenso" entre Hamilton e Rosberg

Com temporada da Fórmula 1 chegando a seus momentos decisivos, nenhum dos dois quer cometer erros

Desde a primeira prova da temporada, ficou claro que a Mercedes tinha uma vantagem significativa em relação aos rivais e que a disputa do título ficaria restrita a Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Porém, à medida que a decisão do campeonato se aproxima, a tensão entre os dois atinge níveis máximos. É o que testemunha o diretor técnico do time, Paddy Lowe.

[publicidade] “É muito tenso, dá para sentir nos boxes. Todos sabem o que está acontecendo, sabem que tudo o que fizerem vai contar e ninguém quer ser aquele que vai cometer um grande erro. Eles querem que a luta seja justa e que o melhor vença, então  isso cria muita tensão e acho que haverá muito alívio quando a temporada terminar. Mas é um esporte complexo e muitas coisas podem dar errado”, afirmou Lowe à BBC.

Apesar de tenso, o clima entre Rosberg e Hamilton é produtivo, segundo o diretor técnico. “Acho legal ver que ambos estão pilotando em seu nível máximo. Nico foi mais rápido em todas as sessões neste final de semana, o que mostra que ele não desistiu. Acho que podemos esperar por um grande show em Abu Dhabi.”

Com 17 pontos de vantagem e 50 ainda em jogo, Hamilton corre por um segundo lugar na prova decisiva do campeonato, dia 23 de novembro.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias