Chefe da Red Bull culpa Kvyat por “desperdício de pontos”

Christian Horner acredita em nervosismo de seu piloto e dá razão a Vettel: “desta vez tive que pedir desculpas”

O acidente ocorrido na primeira curva do GP da Rússia deu o que falar nos bastidores. Após a prova, o chefe da Red Bull, Christian Horner, não viu alternativa senão criticar o erro de seu piloto Daniil Kvyat. O russo tirou Sebastian Vettel da prova e comprometeu a corrida de Daniel Ricciardo.

"Infelizmente a nossa corrida foi totalmente comprometida na primeira curva", disse Horner.

"Eu acho que Dani simplesmente calculou mal o seu ponto de frenagem. Obviamente, ele bateu em Sebastian Vettel, que, em seguida, atingiu o outro Daniel.”

"Nesse ponto, tanto as asas dianteiras quanto os carros em si ficaram bastante danificados. O resultado foi que ficamos sem pontos para os nossos carros e, obviamente, destruímos a corrida de Sebastian."

Quando perguntado o que Vettel havia dito a ele no pit wall, Horner respondeu: "obviamente, ele estava um pouco frustrado, tudo o que eu podia fazer era pedir desculpas, porque desta vez foi, infelizmente, um erro de Daniil Kvyat.”

"As emoções vão forte com esses caras. Em uma corrida em casa, acho que ele tentou ganhar demais na primeira curva. Já vimos incidentes lá antes. Ele apenas calculou mal.”

 "Acho que ele sabe o que aconteceu. Todos os pilotos veem os replays. Ele calculou mal a primeira curva, e depois bateu em Sebastian.”

"De um ponto de vista da equipe, ele comprometeu nossa corrida completamente, poderíamos ter marcado pontos. Desperdiçamos vários pontos."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Sebastian Vettel , Daniel Ricciardo , Daniil Kvyat
Equipes Ferrari , Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias