Chefe da Toro Rosso "esquece" de Williams como rival em 2012

Franz Tost aposta que Sauber, Force India e até Caterham disputarão no meio do pelotão com o time de Faenza

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost

O chefe da equipe Toro Rosso, Franz Tost, preferiu colocar a Caterham a somar a Williams na lista de possíveis rivais para a temporada 2012. Para o austríaco, “os competidores diretos são Sauber, Force India e Caterham” no Mundial de Construtores.

A equipe de Tony Fernandes estreou em 2010, junto da Marussia, ex-Virgin, e da Hispania, mas vem conseguindo se destacar do fundo do pelotão de maneira contínua. Foi a décima colocada entre os construtores em seus dois primeiros anos de vida, enquanto a Toro Rosso ficou em oitavo lugar em 2011.

“A Caterham conseguiu construir uma boa infraestrutura. Eles têm o motor Renault e o Kers da Red Bull, o que significa que seu pacote é bom”, afirmou Tost ao Autohebdo.

“Eles têm dois pilotos experientes e espero que se tornarão nossos rivais. Nossa meta é chegar ao sétimo lugar no campeonato – temos de ser melhores que ano passado.” A Toro Rosso marcou 41 pontos ano passado.

A Williams, que ficou em nono lugar em 2011, mas com apenas 5 pontos marcados, promoveu uma série mudanças em relação à equipe que iniciou a temporada 2011. Além de Rubens Barrichello, o time substituiu o diretor técnico Sam Michael e contratou uma série de profissionais para seu corpo técnico.

Porém, ao menos para Bernie Ecclestone, as mudanças não foram no caminho certo.

“Não acho que eles fizeram da maneira certa. As mudanças deveriam ter vindo de cima, e não de baixo. Gente como o Toto Wolff deveria ter mais controle”, afirmou à Speed Week, referindo-se a Christian ‘Toto’ Wolff, um dos sócios da equipe.

O austríaco inclusive tem envolvimento no gerenciamento da carreira do novo piloto reserva da equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias