Chefe da Toro Rosso não se surpreende com melhoria da Honda

compartilhar
comentários
Chefe da Toro Rosso não se surpreende com melhoria da Honda
15 de mar de 2018 13:21

Franz Tost diz que estava convencido de que fabricante japonesa chegaria a 2018 muito melhor em confiabilidade e performance

Franz Tost, Team Principal, Scuderia Toro Rosso, with Toyoharu Tanabe, F1 Technical Director, Honda
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Helmut Marko, Franz Tost, Team Principal, Scuderia Toro Rosso, Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13
Pierre Gasly, Toro Rosso, and Franz Tost, Team Principal. Toro Rosso

Depois de temporadas a fio sendo criticada por Fernando Alonso via rádio para todo o mundo, a Honda chega neste ano à Toro Rosso para tentar se reerguer na F1 após o pesadelo vivido na McLaren.

E o início foi promissor. Apesar de ter tido três fornecedores de motor diferentes nos três últimos anos, o time italiano se encontrou bem com a Honda e conseguiu rodar boa quilometragem nos testes. Chefe do time, Franz Tost diz que a performance não o surpreende.

"Não estou tão surpreso, porque estava convencido de que a Honda está em uma posição muito melhor do que a mencionada no ano passado", disse ele ao site RaceFans.net.

"Além disso, a Honda trabalhou durante os meses de inverno em performance, bem como no lado da confiabilidade. Até agora, eles fizeram um trabalho muito bom e estamos bastante satisfeitos com essa cooperação."

Tost também apontou que para este ano o motor foi concebido para o melhor encaixe no chassi, o que facilitou bastante o desenvolvimento do carro.

"Desse ponto de vista, tivemos um inverno muito ocupado e bom, porque foi o primeiro momento em que os projetistas da Toro Rosso puderam apresentar os problemas.”

“No passado, tínhamos a unidade de potência e algumas caixas elétricas apenas para encontrar uma maneira de encaixar tudo no carro. Agora, podemos apresentar propostas e sugestões do nosso lado, o que facilita a vida. E espero que tenhamos mais sucesso."

Tost diz que isso fará o time se preocupar mais com planejamento. "Espero muito do carro do próximo ano, porque já estamos trabalhando nisso", disse ele.

"Por causa da experiência que já temos neste ano, nossos designers e os designers da Honda podem otimizar a integração entre a unidade e o carro."

"No passado, sempre tivemos que tomar uma decisão de última hora com relação ao motor, sempre dentro de algumas semanas. Agora, começamos já em fevereiro pensando no carro do próximo ano."

Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren: Ferrari quebrou pacto com contratação de ex-FIA

Previous article

McLaren: Ferrari quebrou pacto com contratação de ex-FIA

Next article

Ocon apreciaria reviver rivalidade com Verstappen na F1

Ocon apreciaria reviver rivalidade com Verstappen na F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias