Chefe da Toro Rosso: Red Bull “perdeu confiança” em Kvyat

Franz Tost defende que falta de resultados do russo resultou na dispensa, mas ainda acredita na recuperação do piloto para o futuro

Franz Tost afirmou que a saída de Daniil Kvyat das asas da Red Bull se deu à perda de confiança da equipe após os resultados ruins do russo na F1.

Kvyat marcou um ponto em Austin em seu retorno à equipe após duas corridas de ausência, mas, após conversas com o conselheiro da Red Bull, Helmut Marko, e o chefe da Toro Rosso, Tost, concordou-se que o piloto não retornaria mais.

Tost admitiu que Kvyat enfrentou sérias dificuldades técnicas nesta temporada, mas acrescentou que ele também cometeu erros e marcou apenas cinco pontos, contra 48 do companheiro Carlos Sainz.

“A temporada de Daniil neste ano foi muito infeliz”, disse Tost ao Motorsport.com. “Houve vários problemas técnicos que não estiveram nas mãos de Daniil, ele não podia fazer nada.”

“Mas ele também cometeu alguns erros de pilotagem. Depois de Austin, ele tinha cinco pontos. Se você comparar com Carlos, mesmo que ele não tenha corrido conosco em Austin, ele tinha 54 pontos.”

“Ambas as partes perderam confiança uma na outra. Em condições assim, é melhor dizer ‘OK, pararemos a cooperação e daremos a Daniil a chance de olhar para outra equipe e desvendar seu futuro’.”

“Sentimos que a confiança não existia mais no nível necessário, se você precisar trabalhar juntos de forma bem sucedida para o futuro.”

Kvyat entrou em contato com Williams e Sauber a respeito de uma vaga para a próxima temporada, mas a chance de ele conseguir uma dessas posições é remota.

O russo tem falado bastante particularmente nesta temporada, em meio à dificuldade de obter resultados e na falta de clareza sobre seu futuro.

Quando perguntado se sua abordagem teve impacto na decisão da Red Bull, Tost disse: “Claro. Mas, no fim das contas, os resultados são o que conta.”

“Ambas as partes esperavam mais e isso não aconteceu. Portanto, o término foi a melhor solução para ambas as partes.”

Brendon Hartley foi dispensado do programa de pilotos da Red Bull em 2010 apenas para fazer sua estreia na F1 pela Toro Rosso na última prova disputada, em Austin.

Tost disse que “tudo é possível” a respeito de um retorno de Kvyat no futuro e acrescentou que ainda acredita que o russo tem talento.

“No automobilismo, especialmente na F1, nunca podemos dizer nunca. Daniil tem talento, é muito rápido e, se ele conseguir juntar tudo, pode ser bem sucedido.”

“Ele mostrou isso no passado quando ganhou o campeonato da GP3, quando foi ao pódio com a Red Bull. Ele é um piloto habilidoso. Ainda assim estou convencido de que ele é um piloto muito rápido.”

“Se tudo se ajeitar, ele poderá ir longe. Foi isso o que ele mostrou no passado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags franz tost