Chefe do departamento técnico da FIA se demite

Marcin Budkowski apresentou sua demissão imediata, deixando a entidade com o desafio de encontrar um substituto imediatamente

Marcin Budkowski foi visto como uma figura emergente da FIA e como parte fundamental da nova geração que irá substituir Charlie Whiting e Jo Bauer. Ele sai da FIA após três meses à frente do cargo de chefe do departamento técnico da entidade. Seus planos imediatos são desconhecidos.

Seu papel na FIA lhe deu acesso a informações técnicas privilegiadas sobre equipamentos e fornecedores de motores, incluindo ideias de desenvolvimento que a FIA inicia antes sua produção.

Budkowski já havia trabalhado na Ferrari e na McLaren. Após um breve período na Prost GP, se juntou à equipe de Maranello em abril de 2002 no departamento de aerodinâmica, para se tornar o gerente dessa área até deixar a equipe em 2007.

Em seguida, se juntou à McLaren no mesmo departamento, ocupando mais tarde cargos de chefe da aerodinâmica na pista, responsável pelo desenvolvimento e chefe adjunto de aerodinâmica.

Em novembro de 2012, se tornou o responsável máximo pela área, até que deixou a equipe em maio de 2014.

Budkowski se juntou à FIA em outubro e estava desempenhando papéis diferentes antes de ser nomeado chefe do departamento técnico em fevereiro deste ano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias