Chefe fala de diferença “enorme” em performance da McLaren

Eric Boullier vê grande melhora entre GPs da Austrália e Malásia e elogia equipe por trabalho e otimismo

O inicio da nova 'era Honda' para a McLaren não tem sido nada fácil. Nas duas corridas disputadas nesta temporada os carros da equipe de Woking, na Inglaterra, jamais estiveram entre os primeiros. Na verdade, a grande verdade é que a equipe parece ter o segundo pior carro do grid, à frente apenas da Manor.

Entretanto o chefe da equipe, Eric Boullier, é otimista quanto ao futuro.

"Nós não entramos nos pontos. Sim, ficamos na frente da Force India, mas não é onde queremos estar", Boullier ao site da Autosport após a corrida da Malásia.

"Não estamos medindo o desempenho absoluto ainda - que é quando você começa a lutar por uma pole ou vencer - mas estamos medindo em comparação com o teste de Barcelona e da Austrália. Temos uma enorme diferença.”

"Ambos os pilotos estavam felizes, na verdade, com o equilíbrio do carro e a dirigibilidade, o que é muito importante. Temos de continuar assim."

"Definitivamente melhorou, mas é preciso dar mais um passo", disse ele sobre confiabilidade.

"Obviamente, muito pode ser confiabilidade, e assim, desenvolvido em um dinamômetro, e, obviamente, nós perdemos quilometragem em testes por isso temos de corrigir pequenas coisas."

"Ainda há um longo caminho a percorrer e não tem tanta coisa que você possa fazer em duas semanas, mas o que temos feito é excepcional. Toda a equipe deve estar orgulhosa de como eles ficaram juntos e otimistas, uma vez que não é fácil para qualquer um de nós, mas é bom ver o progresso", finalizou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias