Chefe fala que ritmo de Hamilton pressionou Vettel a errar

compartilhar
comentários
Chefe fala que ritmo de Hamilton pressionou Vettel a errar
23 de jul de 2018 16:50

Stint de pneus novos após o pit stop do britânico ajudou alemão a se sentir pressionado, diz Toto Wolff

Toto Wolff, chefe da Mercedes, acredita que o bom ritmo de Lewis Hamilton de pneus ultramacios ajudou a forçar o rival da Ferrari, Sebastian Vettel, a cometer um erro no final da corrida deste último domingo, na Alemanha.

Começando de 14º no grid, Hamilton teve uma grande vitória em Hockenheim depois de ver Vettel bater na liderança, e acabou se dando bem após desistir de parar no fim da prova.

Antes do acidente de Vettel, Hamilton reduziu a diferença para o piloto da Ferrari de 24 segundos para apenas 12 no espaço de sete voltas, encontrando tempo em seu novo jogo de pneus ultramacios quando a chuva caiu sobre o circuito.

Wolff não se disse feliz com o abandono de Vettel, mas concordou que o ritmo de Hamilton provavelmente desempenhou um papel importante em forçar o erro.

"Sebastian na frente sabia que precisava continuar a guiar rápido para não comprometer sua situação de corrida. Isso o levou ao erro, eu acho", disse Wolff.

"Foi um erro, mas o sentimento que tenho é que, tanto quanto gostamos de ganhar e lutamos muito na pista e somos rivais, não é bom ver o que aconteceu.”

"Precisamos encontrar o equilíbrio certo entre atacar e manter a liderança e isso tem que ser feito mantendo o carro seguro na pista, e isso nem sempre é fácil. Hoje isso foi contra ele."

Com a vitória, Hamilton tem uma vantagem de 17 pontos sobre Vettel.

Próxima Fórmula 1 matéria
Fórmula 1 abandona planos para Miami em 2019

Previous article

Fórmula 1 abandona planos para Miami em 2019

Next article

Hulkenberg celebra melhor resultado pela Renault

Hulkenberg celebra melhor resultado pela Renault
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias