Chefes de equipe voltam a atacar classificação: "terrível"

Depois de veto da Red Bull e McLaren, novas discussão no domingo deve selar a volta do formato antigo

Os principais chefes de equipe de F1 concordaram que é hora de desistir do sistema de classificação por eliminação, e eles esperam que o acordo possa ser alcançado para voltar ao formato de 2015 já na próxima corrida, na China.

As equipes devem se reunir com Bernie Ecclestone e Jean Todt - que não estavam presentes na reunião de domingo em Melbourne, onde foi decidido abandonar a eliminação - para discutir o futuro da fase de classificação.

O segundo treino de eliminação foi considerado ainda mais decepcionante do que o primeiro em Melbourne.

"Eu não acho que houve qualquer grande surpresa no que vimos," disse o chefe da Red Bull, Christian Horner, ao Motorsport.com após a sessão.

"Há muita ênfase no início das sessões, e eles simplesmente definham e você acaba queimando todos os seus pneus sem ter o direito de se recuperar".

"Nós precisamos ter uma discussão sensata sobre isso amanhã. Vamos ver o que acontece nas discussões de amanhã, porque não podemos continuar com este sistema".

"Foi certo para dar uma chance, e nós fizemos isso, e eu acho que nós temos agora provado, sem dúvida, que não é a maneira para continuar".

"Ok, Q1 é bastante interessante no começo, mas você usa rapidamente seus pneus, e então você está acabado".

"Terrível", diz Wolff

"Foi terrível", Toto Wolff disse ao Motorsport.com. "Precisamos simplificar as coisas e não complicar as coisas. Nós temos uma responsabilidade com os espectadores, e nós não cumprimos essa responsabilidade recentemente".

"Eu acho que devemos voltar para o  que era no ano passado e, em seguida, pensar em como podemos melhorá-lo, analisar grandes quantidades de dados, e ver se há uma maneira melhor. E se há uma maneira melhor, após avaliação, então vamos fazê-la no próximo ano."

Já Claire Williams disse que a falta de pneus era o principal problema. "O grande problema é que não temos pneus suficientes para suportar este sistema. Houve muitos momentos em que você via pilotos sendo eliminados quando eles estavam na garagem, porque eles não têm os pneus, e não há carros na pista".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Pepe Oriola
Equipes Craft Bamboo Racing
Tipo de artigo Últimas notícias