Chefes veem Rosberg como “campeão digno”

compartilhar
comentários
Chefes veem Rosberg como “campeão digno”
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
28 de nov de 2016 12:49

Após grande conquista de Nico, Toto Wolff e Paddy Lowe elogiam trabalho feito por alemão: “grande campeão”

World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 shakes hands with team mate and race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Podium: Second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid celebrates his World Championship at the end of the race
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid crosses the finish line at the end of the race with second place World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid crosses the finish line at the end of the race with second place World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid, Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 with the DHL fastest lap award
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrates his World Championship
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid

Os chefes da Mercedes elogiaram o trabalho que Nico Rosberg fez para manter a calma no GP de Abu Dhabi. Embora o sucesso do título de Rosberg tenha sido ofuscado pela reação de Lewis Hamilton às ordens da equipe, seus chefes Paddy Lowe e Toto Wolff o elogiaram pelo trabalho.

Ambos concordam que a capacidade de Rosberg de enfrentar a pressão durante a temporada tornou sua conquista mais do que digna.

Lowe disse: "Muita gente pode vencer uma corrida, mas um campeonato é preciso ter essa resistência. Esta foi a temporada mais longa da história do esporte, e nada melhor do que decidi-la em Abu Dhabi.”

“Nico foi espremido na frente e atrás, e ele teve que fazer uma ultrapassagem muito importante em cima de Max (Verstappen), sabendo que se ele rodasse, acabaria com tudo. Segurar os nervos em situações assim são as marcas de um grande campeão."

Fator confiabilidade

Hamilton disse após a corrida que seu campeonato foi prejudicado por problemas de confiabilidade, que incluíram falhas de motor em classificações no início do ano e a explosão de sua unidade motriz na Malásia.

Para Wolff, apesar de aceitar que a falha de Sepang acabou por ser decisiva, Rosberg merece crédito pela forma como abordou o campeonato.

"Você precisa ganhar e perder com dignidade", disse ele quando perguntado sobre as observações de Hamilton sobre confiabilidade.

"Este é um esporte mecânico. Se eles se sentassem no chão no grid de largada não iriam longe.”

"Esta equipe construiu para eles o melhor carro nos últimos três anos e os fez vencer corridas e campeonatos. Esta equipe falhou também, mas menos vezes do que eles poderiam dizer. Neste ano, claramente a Malásia custou a ele (Hamilton) o campeonato. Está claro.”

"Mas, do outro lado, estamos falando de Lewis e não estamos reconhecendo Nico e suas realizações. Correr contra o piloto mais talentoso como companheiro de equipe e ganhar um campeonato mundial é uma grande conquista.”

"Eu acho que devemos honrar isso, porque ele é um cara duro e não desiste. Há alguns traços de caráter notável sobre ele que o tornam um campeão do mundo digno.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Force India comemora quarto lugar no campeonato

Previous article

Force India comemora quarto lugar no campeonato

Next article

Abu Dhabi fecha temporada das Grid Girls na F1

Abu Dhabi fecha temporada das Grid Girls na F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Localização Yas Marina Circuit
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias