Circuito mexicano que estreia em 2015 ainda é canteiro de obras

Autodromo Hermanos Rodriguez conta até com curva passando por estádio de beisebol na Cidade do México

Palco do GP do México, que vai retornar ao calendário da Fórmula 1 neste ano, no início de outubro, o Autodromo Hermanos Rodriguez atualmente é um canteiro de obras. Isso porque ele teve de ser completamente remodelado para voltar a receber a categoria depois de 23 anos.

[publicidade] Durante evento promocional da Force India, que apresentou seus novos patrocinadores nesta semana na Cidade do México, os jornalistas puderam ver de perto o trabalho. A área dos boxes e do paddock está sendo totalmente refeita e uma das curvas mais características do traçado, a rápida Peraltada, será substituída por uma chicane, diante da arquibancada de uma área que servia como estádio de beisebol.

Outra particularidade do circuito deve ser a longa reta dos boxes, na qual espera-se que os carros superem os 300km/h e cheguem à segunda maior velocidade do campeonato, ficando atrás apenas de Monza.

Confira as imagens:







Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias