Claire vê "impacto imediato" com a chegada de Pat Symonds

Com a contratação do engenheiro, Williams não deve abandonar o desenvolvimento do carro deste ano tão cedo

Um ponto em dez provas. Não é preciso ser vidente para imaginar o tamanho do descontentamento da Williams com sua performance nesta temporada, que é, de longe, a pior em seus mais de 30 anos de história. Porém, a chefe substituta da equipe, Claire Williams, destacou a esperança com a chegada do engenheiro Pat Symonds, campeão com Benetton e Renault.

“Claramente não estamos onde gostaríamos, mas temos coisas animadoras adiante devido às mudanças que fizemos”, afirmou com exclusividade ao TotalRace. “Pat Symonds está chegando depois da pausa de agosto e acho que ele terá um impacto imediato e nos levar onde temos de estar. Nossa atual situação claramente não é o que queremos e tínhamos de fazer algumas mudanças.”

Com as mudanças no corpo técnico, a dirigente descarta a possibilidade da equipe parar o desenvolvimento do carro deste ano para focar nas mudanças de 2014.

“Não podemos fazer isso. A Williams sempre vai para as corridas querendo marcar pontos, querendo vencer, então o pensamento de tirar os recursos deste carro e correr com o mesmo equipamento é algo que não podemos fazer. Como em qualquer outro ano, vamos nos certificar de que continuaremos desenvolvendo este carro, ao mesmo tempo em que pensamos no carro de 2014.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias