"Claro que eu não vou dizer não", diz Bianchi sobre correr na Ferrari

Piloto do programa de jovens da equipe italiana diz que não negaria vaga se fosse chamado para fazer parte do time

Fazendo sua temporada de estreia pela Marussia em 2013, Jules Bianchi ainda espera fazer parte da Ferrari um dia. O francês, que perdeu a vaga na Force India para Adrian Sutil no início desta temporada, espera algo melhor no ano que vem, mas nutre o desejo de ser um piloto oficial da escuderia de Maranello.

"Talvez eu seja convidado para se juntar à equipe neste inverno. Claro que eu não vou dizer não”, falou Jules, piloto do programa de desenvolvimento da Ferrari.

"Eu não sei quais são os planos da Ferrari. Se a equipe se oferecer para mim, é porque, na sua opinião, eu estou pronto para ir para Maranello. Vamos ver.”

“Se [acharem que] não, eu passo mais uma temporada com Marussia ou vou para outra equipe para ganhar mais experiência. Também seria uma boa opção. "

Jules só espera tomar uma decisão final sobre seu futuro quando terminar a temporada deste ano.

"Vamos analisar as possibilidades após a temporada", disse ele. "Não se esqueça de que Marussia me deu a chance de fazer a minha estreia na F-1 e, se eu ficar na equipe no próximo ano, será de boa vontade. Isso é tudo que posso dizer."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jules Bianchi
Tipo de artigo Últimas notícias