Colegas não perdoam gafe de Hamilton e brincam com inglês no twitter

Tony Kanaan, Luiz Razia e Alexander Wurz se divertiram com Lewis reclamando que Button não o seguia no microblog

Wurz brincou com Hamilton

Lewis Hamilton podia ter ficado sem essa. Neste domingo, após chegar em sexto no GP do Japão, Hamilton achou que seu atual companheiro de equipe Jenson Button o havia bloqueado no twitter e , escrevendo para os seus mais de um milhão de seguidores que esperava mais respeito do colega.

Pouco depois Lewis foi informado que Button não havia bloqueado, já que nunca o seguira. O campeão de 2008 então pediu desculpas pelo erro, mas não foi perdoado pelos usuários da rede social. Logo seu nome virou um dos mais comentados no microblog e começaram a surgir várias brincadeiras sobre a situação.

Nem seus colegas de automobilismo perdoaram a gafe. “Se Hamilton fosse macho, ele dava um unfollow e block no Button. Já. Hahahaha (sic)”, brincou Tony Kanaan. “Ainda mais depois de ter descoberto que o cara nunca seguiu ele (sic)”, completou o brasileiro da Indy. Já Luiz Razia, resolveu “apresentar” Hamilton a Button. “Companheiro Jenson Button, Lewis Hamilton quer que você o siga. Ele é um bom cara”, escreveu.

Quem também brincou com a situação foi o austríaco Alexander Wurz, ex-piloto da McLaren e atual consultor da Williams. “Jenson Button me segue no twitter e eu nem sou seu companheiro de equipe”, comentou, brincando com o fato de Button ter recentemente adicionado Sergio Pérez, seu próximo companheiro na McLaren, o que pode ter induzido Hamilton ao erro de avaliação.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias