Com cronograma apertado, Renault diz que pode não fazer shakedown

compartilhar
comentários
Com cronograma apertado, Renault diz que pode não fazer shakedown
Por:
12 de fev de 2019 17:01

Devido a atrasos, time francês diz que programação de pré-temporada deverá ser afetada neste início de trabalho

A Renault admitiu que está em uma corrida contra o tempo para deixar seu novo carro pronto para o início dos testes em Barcelona, na Espanha, na próxima semana.

O diretor administrativo da Renault, Cyril Abiteboul, diz que embora ele ainda ache que a equipe pode fazer os testes, ele crê que um shakedown planejado para o sábado no Barcelona está em dúvida.

"Está super apertado", disse Abiteboul, quando perguntado pelo Motorsport.com sobre quão atrasada a equipe está na construção de seu carro. "Mas ainda temos boas razões para acreditar que poderemos testar”.

"Devemos fazer um shakedown no sábado, durante um dia de filmagem, e isso pode ou não ocorrer."

Perguntado se a equipe está certa de estar pronta para o início dos testes na segunda-feira, Abiteboul disse: "Não. Enquanto falamos, não estamos 100% certos de nada”.

"Haverá dois pilotos, eles estarão lá se você quiser conversar e tomar um café. Devemos ter um motorhome e uma máquina de café funcionando. Essa é a certeza que eu tenho."

Abiteboul disse que o atraso do carro foi provocado pela Renault sendo forçada a empurrar os limites do projeto em 2019 graças aos novos regulamentos aerodinâmicos.

"Às vezes criticamos as mudanças tardias nos regulamentos e esta é a dura realidade da mudança tardia de regulamentos", disse ele. "Acredito que não somos a única equipe a estar nessa situação."

Apesar de aceitar que a Renault precisa ser agressiva com as metas de design se quiser desafiar as equipes de ponta, Abiteboul acha que sua equipe pode ter pressionado demais neste ano.

"Sabemos que há uma conexão direta entre o tempo que você está passando no túnel de vento e o quão competitivo você é", disse ele.

"Precisamos estar constantemente flertando com a linha do limite, mas talvez tenhamos ultrapassado um pouco isso. É por isso que meus pensamentos realmente estão com a produção."

"Estamos trabalhando muito para preparar as peças para que possamos estar prontos para testar. Eu acho que para o ano que vem nós teremos que ser um pouco mais conservadores, porque não é apenas desempenho, é confiabilidade.”

"Estamos um passo longe demais e talvez tenhamos que revisá-lo para o próximo ano."

Next article
Albon se prepara para “curva de aprendizagem intensa” em 2019

Previous article

Albon se prepara para “curva de aprendizagem intensa” em 2019

Next article

GALERIA: Relembre todos os carros da Renault na F1 desde 1977

GALERIA: Relembre todos os carros da Renault na F1 desde 1977
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble