“Com ou sem turbo a complexidade desta pista é a mesma”, afirma Alonso

Espanhol foi o mais rápido na segunda sessão de treinos livres com a pista secando e destaca boas sensações no carro

Com o melhor tempo da tarde, Fernando Alonso terminou o dia como mais rápido, apesar de no combinado dos dois treinos não ter conseguido ser mais rápido que Lewis Hamilton pela manhã. O espanhol disse que se sentiu bem com o carro hoje e chamou atenção para a falta de longruns pela chuva que caiu à tarde.

"Aqui em Mônaco, a coisa mais importante nos treinos é fazer o maior número de voltas quanto possível, porque é uma pista muito especial e você precisa ter uma boa sensação do carro”, destacou.

“Apesar da chuva reduzindo a quantidade de tempo de pista na segunda sessão, nós mais ou menos conseguimos completar todo o nosso programa e, com ou sem turbo, a complexidade desta pista permanece a mesma, de modo que ir bem na classificação será crucial.”

“O aumento da aderência encontrada nas poucas voltas que fizemos com os pneus super macios não nos deixa nenhuma dúvida de que este será o pneu que usaremos na tarde de sábado, enquanto que para a corrida ainda há muito o que aprender, já que ninguém fez longruns. Assim, talvez tenhamos que improvisar quando se trata de estratégia”, finalizou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias